MADE SÃO PAULO // 2015

Após promover o Brasil com sucesso no circuito internacional de design, em Milão, a MADE (Mercado de Arte e Design) organizado pela W/Design de Waldick Jatobá, apresentou-se pelo terceiro ano consecutivo na capital paulista durante o Design Weekend-DW!, que aconteceu entre os dias 12 a 16 de agosto.   

A MADE trouxe instalações interativas para envolver o público. Marcelo Rosenbaum, homenageado nesta edição como Designer do Ano, assinou uma das instalações do evento. Fernando e Humberto Campana trouxe para a entrada do evento a instalação “Pele”, que se incorpora à arquitetura do Jockey e ao Lounge do Bradesco Private Bank, patrocinadora master do evento desde ano passado. 

O Cumulus, coletivo alemão de jovens designers da Academia Royal de Berlim, trouxe uma instalação que recria uma nuvem suspensa na altura das árvores, um espaço de calma onde é possível sentar, deitar e vivenciar o ambiente de forma lúdica. Eles foram os destaques internacionais, ao lado de exposições sobre design holandês, dinamarquês, belga e português, como a holandesa Femke van Gemert, colecionadora de tecidos e responsável por projetos têxteis que revestem ambientes com criações monocromáticas levando o universo da tapeçaria para a arte contemporânea.

Leilão de parede, Irmãos Campana e colecionismo

A programação também foi dedicada a outros nomes brasileiros que marcaram a história, como Lina Bo Bardi, que foi tema de uma exposição com 15 peças que foram leiloadas ao longo do evento, no modelo leilão de parede que se define pela ausência da figura do leiloeiro. Nessa modalidade, o interessado registra sua oferta diretamente na parede, ao lado da obra. 

 

Os irmãos Campana mostraram sua nova linha, “Estrela”, criada em parceria com a empresa brasileira A Lot Of Brasil, do premiado designer Pedro Franco no Lounge Bradesco Private Bank. Inspirada em uma estrela-do-mar, a série de móveis é produzida de forma industrial e composta por cadeira, poltrona, mesa de centro, mesa lateral, sofá e luminária. O set design do lounge é ainda assinado pelo designer de interiores Leo di Caprio.

 

O Clube de Colecionadores de Design do MAM também participou com uma exposição para fomentar o colecionismo e incentivar a produção artística brasileira. Em 2015, sob curadoria de Marcelo Rosenbaum, foram escolhidas cinco peças de cinco designers brasileiros: Alfio Lisi, Mauricio Arruda, Neute Chvaicer, Paulo Alves e Rodrigo Ambrósio. O time fez uma imersão em Várzea Queimada, no sertão do Piauí, para trocar experiências e conhecimentos. Deste trabalho foram criadas em tiragem de 100 exemplares somente, as quais são entregues aos sócios do clube ao longo do ano, com certificado de autenticidade.

Outras mostras de destaque foram as internacionais vindas da Holanda, Bélgica e Portugal, que apresentaram ao público um pouco sobre o design internacional e detalhes do trabalho de cerca de 50 talentosos designers estrangeiros. 

A Tok&Stok mostrou a exposição Design Acessível, sob curadoria de Mauricio Arruda e a Artesol, entidade parceira do evento, participa com exposição sobre a produção artesanal.  A CASA museu do objeto Brasileiro participou também desta edição, bem como IADê. O estúdio Roni Hirsch assinou a cenografia do evento, bem como uma instalação lúdica infantil, o Erê-Lab. .